Notícias


10/04/2017

"Nós celebramos a Paixão de Cristo na contemplação da fé", destaca Dom Geraldo.


    Nesse domingo de ramos, 9, as paróquias de Mariana, Nossa Senhora da Assunção e Sagrado Coração de Jesus, saíram em procissão após receberem a benção dos ramos pelo Arcebispo Dom Geraldo Lyrio Rocha, na Praça da igreja de Nossa Senhora do Rosário. Acompanhada dos cantos de Hosana e da banda 15 de novembro, a procissão passou pelas ruas Monsenhor Horta, Teófilo Otoni, Afonsus Guimarães, Rua da Glória, e Rua Direita, até chegar a Praça da Sé para a Celebração Eucarística.
 
    Em sua homilia, Dom Geraldo convidou a todos a entrar em clima de oração, reflexão e celebração da semana santa. “Nós celebramos o mistério da Paixão de Cristo, não como se estivéssemos fazendo um teatro, não como se estivéssemos assistindo uma novela que não se sabe ainda como vai terminar. Não. Nós celebramos a Paixão de Cristo na contemplação da fé. Nós sabemos que Aquele que morreu na cruz, ressuscitou por nós. E é a sua ressurreição que dá o sentido pleno a sua morte. E diz o evangelista que no momento em que Jesus morre na cruz, o sepulcro se abre e muitos mortos ressuscitam. Irmãos e irmãs, que se abram os sepulcros da maldade, do erro, da mentira, da corrupção, do engano, da impureza, da indignidade, do pecado. E que todos posssamos ressuscitar com Cristo para uma vida nova, vida de fratrernidade, de comunhão, de verdadeiros filhos e filhas de Deus […].”
 
    Nesse primeiro dia da semana santa, a Igreja também celebrou o 32º Dia Mundial da Juventude. “Foram sobretudo os jovens e as crianças que fizeram aquela grande festa na entrada de Jesus na Cidade Santa de Jerusalém. 'Hosana ao filho de Davi', cantavam os filhos dos Hebreus, com ramos de oliveira. Por isso, o papa celebra em Roma a cada ano, no domingo de ramos, o dia mundial da juventude. E é por isso que também nessa nossa celebração, um grupo de jovens vêm com destaque trazendo para todos nós a mensagem da Campanha da Fraternidade, que hoje em todo o Brasil se encerra”, explicou o arcebispo.
 
Fonte: Arquidiocese de Mariana