Notícias


29/06/2019

Aprofundando a Palavra


Mensagem do Domingo da Solenidade de São Pedro e São Paulo

 

“Tu és Pedro e sobre esta Pedra construirei a minha Igreja (Mt 16,18)

 

Ao celebrarmos hoje a solenidade de São Pedro e São Paulo, somos convidados a confessar e a testemunhar a nossa fé, como fizeram estes dois grandes apóstolos, considerados as colunas da Igreja.

 

            No Evangelho, encontramos a confissão de fé de Pedro que responde à pergunta de Jesus: “e vós quem dizeis que eu sou?” (v. 15). Por uma inspiração divina Pedro confessa: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo” (v. 16). Por isso, Jesus o chamou de Pedro, que significa Pedra, pois reconhecê-lo como Messias é o fundamento para a construção de sua Igreja, que é a assembléia dos que seguem e participam da vida e da missão de Jesus.

 

Em seguida, Jesus lhe confia o Poder das chaves, que segundo a tradição rabínica expressa o poder de “proibição” e “permissão” diante da interpretação da Lei. Neste caso, a missão confiada a Pedro seria a de garantir o que Jesus realizou, isto é, abrir para a humanidade, através do anúncio do Evangelho, as portas do Reino dos céus com uma interpretação autorizada da Lei, pois Jesus veio cumpri-la plenamente, mostrando que o “caminho é apertado”, mas no final “a porta estreita” do Reino dos céus se abre (cf. Mt 7,13).

 

O anúncio desta Boa Nova foi realizado com as palavras e a vida de Pedro e Paulo. Pedro, com sua pregação, confirmou os seus irmãos na fé. Paulo, com sua coragem, testemunhou que sua fé se fundamentava no amor com o qual Jesus o amou na Cruz: “vivo pela fé Naquele que me amou e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2,20). Por isso, ambos deram a vida por Jesus, testemunhando a fé em meio às perseguições e sofrimentos (cf. 1a  e 2a leituras).

 

Portanto, a exemplo destes grandes mártires, possamos testemunhar a nossa fé pela comunhão eclesial e pela caridade, a fim de que um dia possamos dizer como Paulo “combati o bom combate, terminei minha carreira e guardei a fé” (Tm 4,7).

 

Pe. Danival Milagres Coelho.