Notícias


08/02/2019

Paróquia elabora projeto para restauração artística e arquitetônica do Santuário


O Santuário de Nossa Senhora da Piedade, principal cartão postal de Barbacena, foi ao longo dos anos tendo grande parte de seus traços artísticos cobertos por diversas camadas de tinta. Algumas prospecções realizadas em diversos pontos das paredes na parte interna, retratam um pouco da beleza que completava todo o conjunto deste histórico templo religioso.  E a Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, iniciou no ano de 2018 a elaboração de um Projeto com a finalidade de restaurar a parte artística do forro, dos retábulos, dos altares, e ainda a parte arquitetônica que inclui o estudo das pinturas das paredes e do piso.

 

“Uma equipe especializada de Ouro Preto esteve no Santuário fazendo um estudo dos retábulos, das pinturas que estão por traz das diversas camadas de tintas das paredes e uma análise do próprio piso da igreja”, pontuou Pe. Danival Milagres. Segundo ele, nesta fase fizeram também prospecções das paredes para analisar as camadas de tintas que o Santuário recebeu ao longo do tempo. “O grupo está elaborando atualmente as planilhas de custo e uma proposta de restauração da parte artística e arquitetônica”, concluiu.

 

Dentro do cronograma, de acordo com Pe. Danival, a finalidade é que o Projeto fique pronto até o mês de março para ser encaminhado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN para avaliação e aprovação.

 

Sendo aprovado pelo IPHAN, passa-se para a terceira fase que é a captação de recursos via Lei Rouanet, Ministério Público, empresas e a população em geral.  E depois, a última fase, é a execução do projeto, o que não se pode prever quando acontecerá, uma vez que tem todo um cronograma a ser cumprindo.

 

“Nossa Paróquia está dando continuidade aos trabalhos de restauração do Santuário, iniciado por Dom Geovane, quando estava como pároco. Ele, junto com a comunidade, promoveu um amplo trabalho de reforma da parte externa como pintura, substituição do telhado, restauração de todo o adro, troca do forro do altar mor, aquisição de novos sinos, restauração do relógio e vários outros. Agora estamos com um projeto voltado para a restauração do Santuário no que se refere à parte artística e arquitetônica”, concluiu Pe. Danival Milagres.